Uma gota de infelicidade em um mar de tristeza



 Qualquer pessoa esta destinada a um dia precisar do SUS mesmo que odeie que isso aconteça. Após o que aconteceu com minha amada Helena, pedi a DEUS que não precisasse tão logo porque lembro bem como ele funciona.  
Para amanhacer ontem, uma de minhas irmãs teve uma ameaça de pontada, no começo não parecia tão sério, mas como a febre não baixou, tivemos que ir para um pronto socorro, a romaria que muitos de vocês devem conhecer muito bem começou por volta das 19 horas, fomos atendidos as 23 horas,  pelo que sei foi muito rápido perto de outros lugares. Quando atenderam ela, pediram um raio X e como o daquela unidade estava quebrado, tivemos que atravessar a cidade para fazer o exame em outro local, quando chegamos lá, percebi que eu mesma não tenho noção do quanto é sério o problema da saúde no Brasil, oSUS é para pessoas e não para qualquer outra coisa, ele foi feito para ajudar-nos na pior situação que um ser humano pode passar ...a doença, é quando temos urgencia, é quando não podemos esperar...Entramos dentro daquele prédio com cheiro de doença, de morte, para onde olhavamos tinham aparelhos, cadeiras de rodas e outras coisas atiradas pelos corredores, (sei que enquanto não são pessoas gritando de dor no corredor, não chega a ser uma coisa chocante) parecia que estavamos em filme de terror, passoas chorando e gemendo, cheguei a agradecer pela vida que tenho quando entrei lá, vendo tanta desgraça. Quando finalmente minha irmã entrou para começar a fazer o raio X já eram umas 2 da madrugada, enquanto eu esperava saiu de umas das portas um adolescente de mais ou menos 15 anos, com o rosto práticamente desfigurado, com ele a enfermeira, ela perguntou a ele: "quem vem buscar você meu filho?" ele disse "minha mãe" e a enfermeira perguntou "você apanhou por causa de drogas né?" e ele "aham", ela disse para ele sentar e aguardar sua mãe vir busca-lo. Fiquei pensando naquele mulher em plena 2 horas da manhã,  (uma enfermeira que só vê a desgraça de outras pessoas, que geralmente só vê tristeza e dor) se comover com um menino drogado. Percebi que quando falamos do sus, não falamos das pessoas que trabalham no sus, há muitas que dão sua vida por isso, mas realmente MUITAS delas  ( a maioria acredito) não percebem que entregamos nossos maiores bens a elas, já tornaram-se pessoas que a dureza da vida e da situação transformou em pedras, como quando aconteceu com minha Helena, muitas delas olhavam para um pedacinho de carne e não para um bebê, não para a coisa mais preciosa que uma mãe pode ter, não sou hipócrita a ponto de dizer que são todas assim, mesmo aquele dia quando aconteceu a morte de minha filha, percebi que duas enfermeiras das  20 que entravam e saiam da sala, olhavam para ela com olhos de tristeza, percebia como doia nelas aquela situação, ao mesmo tempo vimos em nossa caminhada, médicos insensíveis (sei que salvam vidas) que não entendem o quanto amamos nosso filhos, a maioria até os tem só não transferem que "pascientes" são "parentes" são filhos de alguém, acredito que como eu não encaro a realidade do que aconteceu, essas pessoas as vezes também não enfrentam, não pensam, imagine como deve ser dificil para eles trabalharem com isso e ter sentimentos ao mesmo tempo. Olhei toda aquela cena, aquelas pessoas chorando, rezando, outras gemendo de dor e percebi o porque o caso da Helena se tornou tão banal...a situação é HORRÍVEL  e o pior de tudo isso é que nestas épocas de eleição todo mundo usa a saúde para fazer politica e conseguir votos, mas na realidade não se importam é como digo "se todo politico que rouba soubesse quantas vidas inocentes leva nas costas, quem sabe muitos deles tivessem a decência de pensar duas vezes" é triste como ninguém se importa, quando olhei toda aquela situação perdi as forças, percebi que sou uma gota de infelicidade e descontentamento em uma mar de tristeza e descaso com o amor e a dor de tanta gente, é muito triste tudo isso, só o que posso fazer é rezar, é pedir que Deus nos ajude...

8 comentários:

  1. nossa flor vc falou tudo, se cada politico soubesse qtas vidas carregam nas costas...é lamentavel. flor. acho que Deus tocou no seu coração e fez com q vc tocasse no meu.muitas vezes penso o qt fico trsite pela perda da minha filha, mas como vc disse é uma gota de tristeza no oceano acontecimentos triste dessa vida....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Eliane, quando olho para meu sofrimento também parece que tenho a pior vida que uma mãe poderia ter, mas quando olho para o lado vejo muitas mães como você e tantas outras que passara pela mesma dor que eu e ainda olham para o lado, e vejo também mães que perderam dois, ou veem seus filhos sofrer dia após dia em cima de uma cama de hospital, não sei o que é pior, mas olho para o lado e agradeço de neste momento ter tantas pessoas ao meu lado, tantas pessoas me dando apoio, obrigada pelo carinho

      Excluir
  2. Oii, sua história me tocou profundamente, imagino a dor q deve esta no seu peito. Tenho duas filhas e não sei o q seria de mim se algo acontecesse a elas. Admiro a sua força para estar enfrentando esse vazio em sua vida a cada post uma lagrima desce nos meus olhos. Rezarei muito pra que Deus conforte seu coração e do seu esposo e que lhe de força pra continuar seu caminho. Deus te abençoe. Bjos
    http://mundinhodasmamaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Livia pelo carinho e é claro pelas orações, com certeza elas chegam aqui, afinal de onde será que tiramos forças para conseguir aguentar?suas orações e as de tantas pessoas tem nos ajudado muito, muito obrigada que Deus continue abençoando sua vida e sua família, beijos

      Excluir
  3. Olá boa trade, vi uma divulgação do seu blog em um outro que eu sigo. Primeiramente gostaria de parabenizá-la pela força que vc tem,tenho 1 casal de filhos de 7 e 5 anos e agora estou grávida novamente de uma menininha que se chama Giuliana.
    Sinceramente não sei como vcs conseguem aguentar todo esse sofrimento, saiba que tenho uma grande admiração por vc, acredito que a Helena tb está mt feliz de ter tido a mãe maravilhosa que vc é pra ela...
    Ah amei o seu blog, mt lindo e de mt bom gosto, li todo ele desde o primeiro post.
    Que Deus consiga confortar muito mais o seu coração e que vc consiga alcançar o seu objetivo e se fazer ouvir pelo que aconteceu com a Helena e que ainda infelizmente acontece mt nesse Brasil afora, é simplesmente uma pouca vergonha e falta de respeito com que somos tratados no sistema público de saúde, espero mesmo nunca precisar dele, mas tenho fé que isso vai mudar...
    Bjk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, deve ser no da querida Vanda, ela tem me ajuda também, e parabéns pelos seu filhos, e muitas felicidades para a Giuliana que ela seja muito abençoada e iluminada por Deus, a respeito da Helena, sempre falo no blog que reagi por meu amor a ela, para ela se puder me ver, ver uma mãe forte, é por ela que tenho tentado a cada dia, e suas palavras me deixaram tão feliz, tomara que ela tenha ficado orgulhosa da mamãe, se eu conseguir um leito só que for, na cidadezinha mais pequena do Brasil, e conseguir evitar a morte de um bebê e o sofrimento de uma mãe, a morte dela não terá sido em vão e eu esforço irá ter valido a pena, beijos e muito obrigada pelo carinho

      Excluir
  4. Ola.
    Dificil saber como começar.
    Eu estou planejando o primeiro aniversario da minha filha. E como quase todos os dias entrei no blog fazendo a minha festa e vi uma publicação te mencionando. Por impulso, vim conhecer sua história.
    Querida, estou realmente tocada com tudo. Não é facil perder quem agente mais ama, principalmente sabendo que esta poderia ter sido salva se no nosso pais a saude publica funcionasse como deveria. Aconteceu algo parecido com uma irmã minha que faleceu com 2 meses E eu penso: se doeu tanto em mim que perdi uma irmã, nem consigo nem imaginar como é para você perder uma filha, seu bem mais precioso.
    Graças a Deus a minha Anne é muito saudavel e oro todas as noites para que assim continue.
    Vendo a a sua história me sinto ate culpada por ficar irritada nas noites em q minha pequena nao me deixa dormir. Por brigar com ela quando joga algo no chão, por ficar chateada de perder a minha novela para ver desenhos, pois percebo que você (como tantas outras pessoas) queria passar por tudo isso e é nessas horas que passo a valorizar ainda mais cada segundinho que tenho com a minha Anne.
    Que Deus ilumine seu caminho e abençoe muito a sua vida. Você merece ser muito feliz e Deus esta com você neste momento complicado.
    Sempre que precisar conversar, que quiser desabafar, pode contar comigo. Meu msn é: triccy_@hotmail.com e ficaria feliz se você me adicionasse
    Vou divulgar o seu blog pois acho que realmente pode tocar o coração de muitas pessoas que tem o poder de mudar esta situação. E quem sabe a minha divulgação e de outras pessoas nao faz com que esta sua linda homenagem a Helena chegue a essas pessoas, não é mesmo?
    Beijos no seu coração e força

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paty querida, que Deus abençoe sua pequena e que a festinha dela saia linda, (com aquele site lindo do fazendo minha festa impossível não ser né?) é muito triste e revoltante tudo o que aconteceu e o pior de tudo é saber que nada que façamos pode trazer ela de volta, é o que mais me dói, e lembrar dela aquele dia no hospital, mas é como digo o pior para ela já passou, agora só ficou a saudade, e a certeza que Deus um dia irá permitir nosso reencontro...há e quando ela estava com nós eu também ficava estressada quando ela brigava para não mamar (sim um nenenzinho de dias e muito brava) um dia cheguei a soltar ela na cama e esperar alguns minutos para retornar a amamentar, não se culpe o cansaço físico e o dia a dia nos deixam assim, beijos e que Deus continue tocando em sua vida

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...