E esses sentimentos feios?






Sabe um dia que parece tudo dar errado? pois é,  esse ano está próximo do fim e hoje confesso a vocês que foi o pior ano da minha vida com certeza, ele começou em janeiro e é como se em um piscar de olhos ele já estivesse na data de hoje. Tenho tentando desde que vim morar aqui (um mês antes da Helena nascer) ter fé em Deus que tudo tem um por que. Sabe aquele ditado que tudo no fim da certo e se não deu ainda não é o fim? Tenho tentado acreditar nisso desde que pisei aqui, sabe hoje quero contar um de muitos sentimentos feios que tive, afinal com certeza ninguém é feito somente de sentimentos bons.  Ontem à noite  meu marido e eu começamos uma conversa muito penosa, sabe aquela conversa que os casais geralmente tem ao se deitar, sempre revendo o dia antes de ir dormir ? esse momento mesmo. Então começamos a falar sobre a vida, quem nasceu para mandar e quem nasceu para obedecer, quem nasceu para ser feliz e quem não nasceu...sabem a história da estrela que brilha e da que não brilha? 
Tenho tentado desde muito tempo ter uma família feliz igual as que aparecem na TV, mas parece que não é para mim... sei que muitas pessoas não tem seus sonhos realizados, não sou tão burra de achar que tenho uma vida ruim, mas sabe quando você chega em um lugar e força para ser feliz e parece que tudo da errado, parece que nada é como era para ser?
 Sabe é difícil explicar, não é o local " no mapa" não é a cidade onde moro nem a rua, nem a casa, esse lugar acho que é o lugar dentro de mim que foi destruído junto com o sonho de uma família, tenho tentado desde o dia em que ela faleceu, dia após dia, me convencer de que vou conseguir ter uma família, um casamento feliz...é difícil acreditar em tudo o que aconteceu, é difícil acreditar que a um ano atrás eu estava cheia de sentimentos bons,  e hoje e hoje estou cheia de sentimentos ruins,  de ódio, revolta da vida, olhar tantas pessoas que não querem ter filhos e ou que não se esforçaram para ter uma família e além de ter ainda reclamam. Não sei se cheguei a comentar com vocês que quando tomamos a decisão de comprar essa casa onde moramos, rezei durante uns dois meses e pedi que Deus me mostrasse o caminho para conseguir ser feliz, hoje só restou a lembrança da felicidade que vivi durante o tempo que viajávamos e durante o tempo que estive grávida e com ela em meus braços, no mais ficou só uma revolta de uma pergunta-"porque Deus me mostrou para vir para cá se tudo tem dado errado?" 
Até meu casamento não é como já foi e hoje precisava contar tudo isso para alguém que fosse me entender e não somente me julgar.
Ontem foi a primeira vez que não tive vontade de rezar a noite, que rezei por obrigação, é pecado querer ser feliz? Não estou dizendo que para ser feliz precisava de muita coisa, só queria ter paz interior e dentro de minha casa, só queria ter ela aqui, estou vendo minha vida desmoronar e não consigo segurar, precisava contar a alguém, sei que tudo o que escrevi são palavras íntimas e com certeza sentimentos feios, mas o que fazer em uma situação assim?Dentro de mim tento me dominar, ter fé, e instigar sentimentos bons, mas ontem a noite só conseguir ter sentimentos pesados, só conseguia sentir raiva de mim, cada decisão que tomamos teve meu consentimento, hoje estamos aqui por pedido meu, quando penso em tudo isso queria tanto estar em um passado que eu e meu marido eramos felizes, junto com a Helena e com um coração cheio de esperanças no futuro. Quando escrevo que estou reaprendendo a viver depois da morte dela, acho que estou mentindo para mim mesma, como fizemos isso? 
Como dominamos todos os sentimentos ruins e a falta de fé que só sentimos sozinhos, dentro de nós? Gosto de compartilhar tudo isso com vocês porque acredito que há pessoas que sintam o mesmo, vocês já ouviram falar que a maioria das associações de dependentes tem o lema "somente amanhã" isso quer dizer que somente até o dia seguinte a pessoa tem que aguentar sem fazer o que era seu vício? 
Conto agora para vocês que peguei essa lema para mim, não penso mais em um futuro lindo e não consigo mais ter sentimentos de esperança, a única coisa que penso é aguentar toda essa situação somente até amanhã, e então o amanhã chega e de novo penso, somente até amanhã e é assim que cheguei até aqui. Hoje estou me sentindo pior que o normal, não  só com aqueles sentimentos ruins de amor despedaçados e de uma saudade que não cabe em mim. Mas hoje confesso:  sinto ódio, não sei de onde ele vem e nem do que o alimento, se é ódio de  tudo o que aconteceu, ódio de minha vida, do lugar, das pessoas, as vezes é como se odiasse tudo em mim e no mundo. É engraçado como agora que escrevi tudo isso percebo que meu ódio e escuridão diminuíram um pouquinho, e agora dou graças a Deus por ter cada uma de vocês que vem aqui me contar que também sentem coisas que não dominam e não conseguem explicar, a cada um de vocês que me ajudam a ver que sou uma pessoa como todos, que tenho lados bons e ruins, muito obrigada pela força, e a você que vem dizer coisas bonitas e confortantes, ainda bem que tenho quem me entenda...Obrigada a vocês todos por fazerem parte dessa nova a e difícil realidade da minha vida.



8 comentários:

  1. o minha querida imagino o quanto esta sentindo ou melhor acho que não imagino pois a dor de perder um filho deve ser algo que não tem como se imaginar, só te falo tenha força e difícil eu sei mais tenha pois sua helena deve estar sentindo muito orgulho de você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada mesmo pelo carinho e pela visita aqui, quanto a dor de perder um filho, é indescritível, eu tenho tentado colocar em palavras mas não consigo...que palavras bonitas você falou, tomara que a Helena sinta orgulho da mamães dela, e a você Day que Deus te ilumine com a sementinha de seu amor, é uma benção, beijokas e tudo de bom

      Excluir
  2. É dificil te dizer alguma coisa depois disso tudo.sinto um aperto no peito só de pensar no q esta passando,desta fase ruim da sua vida...mas tenha fé,acredita q tudo vai mudar e q vc merece sim ser feliz e vai ser.deus deve estar reservando algo muito bom p vc.bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara né Cristina, quero agradece-la pelas palavras carinhosas e pedir que Deus te abençoe grandemente e a sua família também, beijokas e uma ótima semana

      Excluir
  3. Flor esse sentimento todo é normal...a cada palavra escrita por ti era tudo que sentia.... muitas veze parecia que participava de grupo de alcoólatras anonimo...repetia varias vezes do dia "só por hoje" igual o que vc disse e assim fui passando os dias sem perspectiva de futuro, com raiva da vida das pessoas e muitas vezes de Deus...as vezes senti que não fazia mais parte dessa família.... parecia que me colocaram numa família totalmente desconhecida e tinha q aprender a viver novamente me sentindo excluída....tudo isso é normal....
    E digo amiga somente fui apender amar a vida ter perspectiva do futuro e compreender q meu anjo vei com outra missão foi depois que fiquei gravida novamente me aproximei mais de Deus sei que ainda não estou com a minha vitoria em meus braços pois as vezes digo q gero 2 vida a da Luiza e a minha tbem porque renascerei em fevereiro...sei que ao dizer tudo isso não te confortarei somente quando tiver essa nova experiencia saberá q estou dizendo....peço desculpa mas precisava te dizer isso porque a seis meses atras essa palavra eram minha...e hoje me achei nesse abismo e vou tentando sair dele e com fé serei vitoriosa e sei q tu tbem será.
    Acredite amiga as coisa não deram errado em sua vida.... independente da sua religião creio q nós antes de vim a esse plano tudo foi planejado por vc pelo seu anjo e por Deus tínhamos que passar por tudo isso porque tínhamos combinados não só para sua evolução espiritual mais sim para evolução espiritual da Helena imagine como esse anjo e tão grato pela oportunidade q vc deu para ela evoluir um dia todas nós saberemos q tudo não foi um erro mais sim uma ajuda que demos aqueles anjo q escolheu e confiou em nós porque ele sabem q nunca desistiremos.
    Um enorme abraço e fique em paz.
    Com carinho kathia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Katia adoro suas visitas, mas hoje você me levou as lágrimas, ainda bem que me entende, é difícil né, agora ver as coisas boas, sei que se um dia eu engravidar de novo vai melhorar, mas eu ainda não consegui nem lembrar de muita coisa da Helena, acho que ainda não é o momento de tentar, agradeço muito por você ter vindo se abrir aqui e pela mensagem linda de fé e esperança que passou hoje para mim, um forte abraço, luz para seu anjinho e um beijinho para sua princesinha, de um carinho na sua barriga por mim...Com muito carinho Taty

      Excluir
  4. http://adrianasr2.blogspot.com/2012/12/quando-questao-e-ter-fe-ou-ser-fiel.html?spref=fb , Tatiana essse é o endereço do meu blog , hoje por acaso lendo uma homenagem que você postou vi essa sua postagem e nossa , tenho que te falar mais uma vez você escreve muito bem......chorei por que as vezes me sinto assim com ódio , sei o quanto é feio esse sentimento , mais não dá ele se instalou aqui.....dá uma lida no meu texto também seria uma honra imensa , bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, é tudo muito triste, somente Deus sabe o que se passa dentro de nós não é, li seu texto sim, um desabafo muito íntimo e doloroso, a você querida só posso pedir que tenha força guiada pela fé e por amor a ele, são as únicas coisas que fazem seguirmos em frente, beijos a você e muita luz para o Lucca, que ele a Helena estejam no céu a brincar...fiquei muito feliz com seu elogio sobre o que escrevo, sempre digo a todos que me perguntam como consigo escrever, eu digo é minha pequeninha que lá de cima toca nos meus pensamentos e faz sair somente a essência bonita que sobrou em mim...beijos e força

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...