Na escuridão de mim


Preciso de um antidoto para curar essa escuridão que cada dia mais cresce dentro de mim, é uma escuridão de falta de convicções, de falta de certezas e arrisco a dizer até de falta de fé...não somente a falta de fé em Deus e seus propósitos mas a falta de fé no amanhã, a falta de fé em meus sentidos e sentimentos... aqui hoje eu tenho um pedaço de mim somente, esse pedaço que restou tenta desesperadamente recomeçar, cada dia tento encontrar em mim mesma um antidoto para o veneno da escuridão que cresce em mim agora mesmo enquanto escrevo...tenho rezado muito, lido muito e conversado muito com muitas pessoas de várias religiões, mas afinal quem sabe como passar por uma perda assim...... falar e julgar, é fácil sermos firmes na vida se nunca fomos testados, não tenho vergonha de contar a vocês e nem a ninguém que tenho dúvidas em meu coração e que fraquejo muitas vezes, assim como também sei que o antidoto que preciso é a fé...fé que Deus sabe o que faz e que somente ele sabe e permite tudo na terra...mas o sentimento de mãe.. o apreço...o amor também batem forte aqui dentro... dói tanto, tanto, tanto perder a Helena que eu não conseguiria viver se clareasse a minha mente o suficiente para que toda a dor do luto por ela viesse à tona, sinto que estou deslocada, não sei onde me achar, na realidade não sei nem por onde começar a procurar, me sinto perdida em uma mar de coisa nenhuma e nada me preenche, meus sentimentos são ocos,  vazios, é difícil explicar...Acho que se existir mesmo um Deus ele que tem me deixado assim para que eu suporte a ideia de um natal, um novo ano sem ela aqui...tenho rezado e pedido que Ele me devolva a mim mesma, que Ele  ajude
a me encontrar,  quanto mais o tempo passa mais fico atônita e mais não quero acreditar em tudo o que passou, não sei como voltar, preciso desse antidoto logo antes que toda essa escuridão que se alimenta das minhas dúvidas e faltas me consuma por completo...
Sei que cada um carrega dentro de si muitas coisas boas e ruins, quando reflito tudo o que passou, penso que foi por tantas vezes eu ter criticado pessoas em relação a como educar seus filhos, as vezes também penso que todo esse castigo foi por pecados ou simplesmente por sentimentos ruins que carregamos dentro de nós...sentimentos esses que nos mostram que somos humanos, e como tal temos sentimentos ruins e bons, uns que nos dão forças e outros que as tiram em certas horas, mas eles nos tornam as pessoas que somos as vezes me pergunto se um dia irei ter meus sentimentos como eram antes de tudo isso acontecer...olhar para o por do sol e sonhar com o dia de amanhã, ou se algum sentimentos como inveja raiva descrença continuaram a me destruir por dentro e dominar muitas horas dos meus dias...As vezes volto a mim e peço perdão a Deus peço que ilumine ela e que continue me dando forças para aceitar a ausência da minha Helena, peço perdão a Ele por fraquejar, tenho vergonha de mim até agora, tenho vergonha de você que lê tudo o que escrevi, mas que mãe e pessoa eu seria se mentisse a respeito de meus sentimentos, Deus sabe tudo o que se passa dentro de mim, quando escrevo isso pode ter certeza que é para você que lê saber que quando você fraqueja na fé e na vida não é somente você, acredito que isso acontece com muitas pessoas que sofreram grandes perdas, peço que você procure onde for esse antídoto é com ele vou seguindo, é com ele que passei o Natal, um Natal que pedi a Deus me dar serenidade,  e quando escrevo isso o antídoto entra em minhas veias iluminado-me por dentro, sei que não é sempre assim, que as vezes minhas fraquezas permitem que a escuridão navegue tranquila por dentro de cada parte minha, mas em certos momentos quando menos espero ao antidoto da fé toca em meu coração, se você sente todas essas dúvidas e também fraqueja, tente, procure, garanto que em certos minutos da vida você sentirá a fé tomar conta de você...Pegue o seu...


2 comentários:

  1. Nossa Tati, muito profundo, com sua permissão faço minhas suas palavras.
    Não tenhamos vergonha de por vezes duvidarmos de tudo, de nos sentirmos na escuridão.
    Nossa maior benção nos foi tirada, estes dias sonhei que tinham roubado ela de mim, acho que é mais ou menos por aí, acho que roubaram de mim o que eu tinha de mais importante na vida.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula, quando posto no blog, tento escrever alguma coisa que me ajudaria sei la, tento escrever o que sinto para que assim outras mães que passem o mesmo que eu passei possam ver que outras tem os mesmo sentimentos, e infelizmente alguns deles são feios, por isso escrevo assim as vezes, sinto muito pela sua perda, que Deus continue confortando nossos corações, um grande beijo e obrigada pela visita

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...