O milagre do Amor

Tumblr_lm0b1azjtm1qgadexo1_500_large_large


Acredito em milagre, acredito sim, como você também provavelmente dentro do seu coração crê que em algum lugar existe um ser maior que nos vê e nos abençoa com tantas belas coisas, tantas belas pessoas, tantos belos sentimentos...Eu sou assim, nasci uma sonhadora...tenho um mundo vasto de imaginação, certezas e sentimentos tudo aqui, em um pequeno espacinho da minha existência...

...esse espacinho é o lugar onde vou quando preciso renovar minhas forças e minha fé, quando chego lá volto a ser uma criança pura e sem tantos vícios de sentimentos e vergonhas que tenho aqui quando habito meu lugar comum na terra. Desde que tudo aconteceu passaram-se muitas datas difíceis de se suportar e de acreditar que haveria um amanhã, quando o ano novo se aproximou, quis ter minha forças renovadas para visitar minha irmã mamãe do Lorenzo, fazia muito tempo que não tirava um minuto se quer
para deixar minha alma visitar o lugar que tenho mais puro e belo dentro de mim, não sei bem como acontece, é só me deixar levar por tudo o que sinto e quando vejo já estou lá, e sorrio sozinha, em meus passeios sinto muitas coisas boas, fé principalmente, quando estou assim, acredito em tudo o que há de bom, sem pudores de um adulto, quando estou assim tudo de bom é possível, e tudo é muito revigorante, é como se me ligassem em uma tomada para carregar. Toda essa viagem para meu interior aconteceu enquanto estavamos indo a dourados, por horas fiquei imaginado um monte de bobagens –julgamento de adulto é claro- mas que na hora me faziam sentir muito confortada e muito forte para mais uma batalha a ser vencida, ver meu sobrinho que nasceu quase na mesma data dela, nessas preciosas horas que se seguiram fiquei sonhando com a Helena lá no céu, ajudando nos preparativos para o ano novo, junto com um monte de outros anjos como ela, imaginei toda a festa deles, correria, risos, brincadeiras, imaginei aquele clima gostoso de família unida, de festejos e descontração, e entrei junto na brincadeira, como espectadora, de repente me veio um relance do que aconteceu de verdade, voltei a mim por um momento e quando retornei aos meus pensamentos tudo já havia mudado, a Helena estava parada a observar nós, lá do céu, e ela sorria, me vendo com o Lorenzo, minha irmã, meu Giovane, meu pai...no rosto dela fantasiei ter um raio de orgulho de nos ver ali, festejando mesmo depois do ano que tivemos, ela olhou para mim e tudo se desfez. Voltei a mim, terminamos a viagem, chegamos em Dourados e tudo foi esquecido dentro de mim, fizemos todos os preparativos das festas como nos outros anos, lentilha, carne de porco, uvas, e então na meia noite minha irmã ligou para nossa mãe que estava em Porto Alegre para passarmos a virada juntos, mesmo que por telefone, quando ela desligou o telefone estava em lágrimas, quando perguntei o que havia acontecido ela disse que nossa mãe havia brigado por acorda-la e assim minha irmã se magoou muito, na hora não achei estranho, minha mãe é de origem alemã, sangue forte e brasina, continuamos a janta de reveillon. Saímos de viagem no dia seguinte, quando chegamos de volta em nossa casa, passamos para dar um "oi" para minha mãe, ela nem comentou nada a respeito daquele dia e eu na canseira de viagem nem perguntei, só queria um bom banho e minha cama. No primeiro dia após a nossa chegada minha mãe me contou chorando o porque ela brigou quando minha irmã ligou...ela sonhava que estava na festa junto com a Helena...no momento pensei que era invenção sabe, coisa de mãe para nos deixar um pouquinho mais feliz, mas quando olhei para ela, ela disse chorando, “Juro por Deus”...fiquei sem palavras como fico agora...no dia após os festejos disse a minha irmã que só a Helena poderia estar colocando a mão em nós, lá do céu, para que tudo corresse feliz e alegre como foi...fiquei triste em saber que pode ser que ela saia de seu descanso para vir até nós, mas fiquei feliz em saber que pode ser que esse lugar dentro de mim, esse lugar lindo de sonhos e alegres verdades, que esse lugar seja mantido e nutrido pelo amor a ela e pela Fé em Deus e que quem sabe a criança que temos dentro de cada um saiba mais das verdades da vida do que nós quando adultos.

Tatiana Oliveira

00000000000000000000kids3_large


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...