Comemorar o dia das mães ou não?



SERÁ QUE SOU MÃE?

Parece uma pergunta fácil de ser respondida, mas pode acreditar que ela ecoa dentro de mim quanto mais se aproxima o dia em que se comemora o dia delas, ou o nosso dia...quem sabe você que está lendo possa me ajudar a desvendar se afinal devo comemorar o dia das mães ou não... Vou começar do princípio: sim, sou uma mulher e sim posso ter um filho seja ele do ventre ou somente do coração, estou nesse dilema porque gerei um filho em meu ventre durante algum tempo, ele cresceu dentro de mim, cresceu de mim, e meu amor cresceu junto com ele, então sou mãe não é? Quem saberá me responder? Dei a luz a um filho, um filho que gerei com um amor que jamais havia sentido na vida, um amor puro, limpo e a coisa boa mais forte que senti dentro de mim, mas não pude aproveita-lo, em nosso destino estava escrito que o tempo que conviveríamos juntos seria o bastante para que eu sentisse esse amor, e eu senti! 
Mas então você vai me perguntar se sei o que é amamentar, o que é ver o sorriso no rosto do filho, o que é passar noites em claro cuidando de uma febre, de uma gripe, e quando um nó se fizer na minha garganta você vai continuar perguntando, o que para uma mãe com o filho presente é normal e rotineiro,o que uma mãe deve passar e fazer, e te responderei que não sou mãe porque não pude ver meu filho crescer, não pude vê-lo chorar de dor de garganta ou de ouvido, que jamais fiz um curativo em um joelho ralado, que jamais esfreguei seus pés durante o banho, te responderei que gerei um filho sim, mas que o gerei para devolve-lo ao céu e não para aprender o quanto é belo ver o fruto de meu ventre crescendo ao meu lado...então será que sou mãe?


Autor- Tatiana Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...